Parceria no Café Especial – Blog Have a Coffee

cupom com desconto - o melhor site de cupom de desconto cupomcomdesconto.com.br

[ad_1]

O café de fevereiro é resultado de uma parceria entre o produtor José Renato Rodrigues Alves e o empresário Paulo Menezes que, em busca de entender o mercado de café, fechou um investimento arrendando a propriedade Terra Alta em Piatã-BA que fica na Chapada Diamantina.

Parceria no Café Especial - Blog Have a Coffee 1
Paulo Menezes

Com foco em replicar o sucesso da propriedade do Renato, em Vista Alegre-BA, os dois formaram uma aliança para se chegar num café mais que especial.

Especialista em colheita e pós-colheita, o Renato destaca que quando começou os trabalhos em Terra Nova, se deparou com outra estrutura de terreiro, outro tipo de despolpador, além da região ser diferente da que estava acostumado, tendo que melhorar as estufas que eram muito fechadas, lidar com outra posição do sol etc. E até entender toda a nova logística, chegou a perder alguns lotes.

Parceria no Café Especial - Blog Have a Coffee 2
José Renato Alves

“Foi desafiador e gratificante. Consegui provar que todo cuidado no pós-colheita pode-se criar uma identidade única para o café. Separei lotes diariamente no terreiro para provar e entender os melhores cafés e mais próximos do perfil que julgava ideal.”

José Renato Alves

Mas a evolução com experimentos que o Renato fez foi nítida e ele conseguiu chegar nos mesmos resultados positivos que já havia feito em Vista Alegre.

“Quando comecei a pedir avaliação de alguns Q-Graders, a pontuação chegava entre 83 e 84, mas chegamos em 90 pontos. E isso se deveu, acredito eu, pela maturação maior do fruto na planta além do que, entendi a melhor forma de tratar esse café no pós colheita. Os cafés destaques vieram no final, quando eu cuidei muito da secagem até chegar na umidade correta para ir ao armazém.”

José Renato Alves

Parceria no Café Especial - Blog Have a Coffee 3

Com o relato do Renato, percebemos o cuidado especializado e controlado que ele implantou na lavoura para atingir seu objetivo maior de chegar no café de qualidade. Assim, pode oferecer aos nossos assinantes, um café com as características do terroir local e outras que só se consegue com muito cuidado e carinho nos processos.

Leia Também  Brooklyn Roasting Company arquiva o capítulo 11 da BankruptcyDaily Coffee News pela Roast Magazine
cupom com desconto - o melhor site de cupom de desconto cupomcomdesconto.com.br

“O Café que foi para o clube é natural e coloquei o café em saco plástico por 90 dias para descansar, até uniformizar todos os grão numa mesma umidade e padrão. Pois dependemos do sol e com isso não temos controle total da secagem de cada grão e esse descanso garante um melhor resultado já que os grãos trocam calor e umidade entre sim e chegam na uniformidade ideal.”

José Renato Alves

Ele contou pra gente que esse café é natural e que o perfil que busca é frutado e lácteo, quase um iogurte de morango.

“Busco um café frutado mas com peso, corpo. E foi esse café que foi colocado no clube. No fim das contas o café na planta é um só e o pós-colheita que define a qualidade deste café.”

José Renato Alves

Para finalizar, ele falou sobre a região de origem do café especial seleção de fevereiro, a região de Piatã, – Chapada Diamantina/BA. Onde a altitude, o frio e o clima seco proporcionam juntos um retardamento na maturação do café, fazendo ele absorver mais sais e açúcares atingindo níveis mais avançados de BRIX.

Esse processo mais lento na planta, desde a florada até ser colhido, normalmente dura em torno de 5 meses. Mas nesta região, com 1280m de altitude, chega a ser de 7 a 8 meses. Outra vantagem é o clima seco que ajuda muito na colheita, além do modelo econômico local possibilitar chegar num café superior.

“O modelo econômico de produção na região é pequeno e artesanal, o que permite chegar na qualidade de forma mais adequada. Seja desde o manejo correto até respeitar o grau elevado de maturação dos grãos. As propriedades locais têm, como esta nossa, de 2 a 3 hectares. Somos pequenos produtores que fazem apenas colheita seletiva.”

José Renato Alves

Parceria no Café Especial - Blog Have a Coffee 4

Ainda sobre a região, o Renato recomenda ler o livro ENTRE A SANTANA E A TROMBA. Do autor Ildimar França, a leitura é uma alusão à dimensão territorial entre as duas serras de onde surge Piatã. Além de retratar os três biomas locais: caatinga, cerrado e mata atlântica.

Leia Também  Mudar rebarbadoras - Barista Hustle

E você? Ainda não é assinante do nosso clube?

Não deixe de receber esse e outros microlotes de cafés especiais em sua casa! VEM PRO CLUBE!


Parceria no Café Especial - Blog Have a Coffee 5



[ad_2]

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *